Após aceitar Jesus, homem avisa médicos que desistiu de eutanásia: “Encontrei paz em Deus”

John Hosz, da Holanda, havia desistido de viver e optado pela eutanásia após 20 anos de traumas e sofrimento emocional.

Mas tudo mudou quando ele conheceu o Evangelho e aceitou Jesus em uma cruzada evangelística na Holanda, no final de junho.

Após 20 anos enfrentando a depressão, John teve um encontro poderoso com Deus durante a cruzada Empowered21 e está vivendo uma mudança em sua mente.

“Eu tive uma vida tão miserável e não queria acreditar em Deus. Mas me senti muito diferente naquele estádio. Também decidi ir a um culto da igreja no dia seguinte. Eles também oraram por mim lá, agora pareço muito diferente aos meus olhos”, comentou o homem, anteriormente, à Revive.

Na semana passada, John foi a uma reunião com os médicos para dar sua resposta final se continuaria ou não o processo de sua morte assistida. 

Ele surpreendeu a equipe ao cancelar a eutanásia. “Eu ainda estava curioso para saber se eles tinham certas terapias para mim, então deixei os médicos contarem sua história. No finalzinho eu disse: ‘Na verdade estou te enganando, porque vou retirar a eutanásia, não dá mais’”, contou Hosz.

“Nesse momento eles se olharam surpresos, não tinham previsto isso. Eu até vi lágrimas nos olhos de uma das médicas, ela ficou muito emocionada”.


John Hosz (à direita) com Erika na cruzada. (Foto: Revive).

O homem testemunhou que após ouvir a ministração na cruzada teve sua esperança restaurada.

“A mensagem de Nathan Morris me tocou muito e voltei a ter perspectiva para minha vida. Agora também vou trabalhar assobiando. Todo mundo diz: ‘O que aconteceu com você?’ Porque eu normalmente era muito retraído”, observou.

Agora, o novo convertido está frequentando a igreja local “Embaixada de Deus” em Amsterdã, onde encontrou uma família e tem recebido apoio.

“Queria a eutanásia porque buscava paz, mas agora encontrei essa paz com Deus e na igreja”, testemunhou John. 

Evangelizado por socorrista

Quem apresentou a esperança do Evangelho a John foi a socorrista Erika Molenaar, que lhe convidou para ir à cruzada no Estádio Olímpico de Amsterdã.

Erika o conheceu em um centro para sem-tetos, onde trabalha como voluntária. “Ele logo contou sobre o processo de eutanásia em que estava e que 30 de junho seria um dia importante. Eu senti tanto amor em meu coração por ele”, contou a cristã, em entrevista ao Revive.

E questionou o homem: “Tem certeza que vai ficar realmente em paz quando tirar a própria vida?”.

A pergunta fez John refletir sobre sua situação. Então, Erika o convidou para participar da cruzada Empowered21 e ele aceitou, com a condição de que ela não forçasse sua conversão.

Transformado pelo Evangelho

Há uma semana do evento, John já estava animado e até escutou música cristã todos os dias em sua casa. 

No dia da campanha, ele chegou ao estádio duas horas antes do evento. “Ele chegou tão aberto. Ele também estava se divertindo muito”, lembrou Erika.

O homem ouviu a pregação e foi tocado por Deus poderosamente. “O evangelista Nathan Morris subiu ao palco com uma mensagem do Evangelho muito radical. Então houve um chamado para aceitar Jesus e então ele disse em voz alta ‘Sim!’ e foi à frente para receber oração”, disse a cristã.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!