Pais cristãos perdoam assassino do filho: “Nós o vimos como Jesus o vê”

Um casal cristão, dos Estados Unidos, está testemunhando como perdoou o assassino de seu filho através do amor de Jesus.

Em entrevista ao programa “Facing the Canon”, Ray e Vi Dovonan contaram sua história de perdão após perderem seu filho, Christopher Donovan, de maneira trágica.

Em uma noite de maio de 2001, Christopher e seu irmão Philip saíram para passear juntos. Enquanto caminhavam na rua, se depararam com 14 adolescentes drogados.

De repente, um deles atacou Philip, o deixando inconsciente. Christopher tentou salvar seu irmão, mas foi espancado e também acabou inconsciente. 

Enquanto ele estava caído na rua, um carro passou e o atropelou, e outro jovem o arrastou por doze metros. Os irmãos foram socorridos e levados para o hospital.

A polícia foi até a casa de Ray e Vi Dovonan e informou sobre o incidente. “Meu coração estava batendo tão rápido que pensei que fosse pular do meu peito”, lembrou o pai Ray.

“Então o policial nos disse que Chris e Phil haviam se envolvido em uma briga e Chris estava gravemente ferido”.

Christopher precisou passar por uma cirurgia. Mais tarde, os pais receberam a notícia que ele não resistiu e havia falecido. Os pais ficaram arrasados e enfrentaram a dor do luto de perder um filho.

Pedido de perdão

A Justiça condenou três jovens pelo assassinato de Christopher. Após 11 anos, um deles pediu para conhecer os pais para pedir perdão.

No encontro, o casal ofereceu um abraço ao homem e ele se desculpou. Vi Dovonan disse que a culpa e a vergonha estavam estampados em seu rosto.

Então, a mãe disse: “Ei, jovem, sabe de uma coisa? Nós perdoamos você. Siga em frente e tenha a vida que Chris não pode ter”. O jovem chorou porque acreditava que não merecia. 

Questionados por que os pais escolheram liberar perdão, Vi explicou que foi devido a sua fé cristã.

“Eu o vi do jeito que Jesus o vê, do jeito que Ele nos vê. E isso foi notável. Verdadeiramente, somente pelo Espírito Santo”, declarou ela.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!