Cidades da região preparam suas festividades para comemorar feriado do Dia da Independência

A prefeituras de algumas cidades da região anunciaram a comemoração pelo Dia da Independência nessa quinta-feira, 7 de setembro, com uma variedade de programações para todos os gostos, assim como o funcionamento de repartições públicas nesse feriado prolongado.

Em Macaé, a comemoração pelos 201 anos da proclamação da independência do Brasil será marcada pelo tradicional desfile cívico, que acontece na Avenida Elias Agostinho, na Imbetiba, com concentração às 8h30, e início às 9h30.

De acordo com a prefeitura, a intenção é reunir um público expressivo no evento, organizado pelo Forte Marechal Hermes em parceria com o governo municipal, e que terá cerimônia de revista à tropa com a presença de autoridades locais.

Além das instituições militares, como a Capitania dos Portos, Exército, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, e as guardas Municipal e Ambiental, a Defesa Civil, e o Grupamento de Escoteiros, também participam do desfile as bandas musicais de escolas da rede pública municipal.

Em Cabo Frio, a celebração do Dia da Independência se juntará às comemorações pelo aniversário da tradicional Banda Santa Helena, que completa 86 anos em 2023, com um cortejo que sairá da sede, na Rua 13 de Novembro, 282, no Centro, rumo ao Cemitério Santa Isabel, no bairro Portinho.

“O simbólico cortejo tem a intenção de homenagear os ex-integrantes da Banda Santa Helena, que já partiram desse mundo. Tradicionalmente, em 7 de setembro, dia da fundação da Sociedade Musical [Santa Helena], os músicos seguem rumo ao cemitério, entoando composições, em um verdadeiro tributo aos fundadores e ex-companheiros de banda”, explicou a prefeitura.

Marcada para começar às 9h, a solenidade contará com o hasteamento da bandeira, na sede, seguindo até o cemitério, e retornando ao Centro, parando em frente às residências dos ex-presidentes e do fundador, maestro Clodomiro Guimarães.

Fundada em 7 de setembro de 1937 e carinhosamente conhecida na cidade como “Furiosa”, a Banda Santa Helena é considerada patrimônio imaterial e cultural de Cabo Frio, tornando-se componente essencial da cultura cabo-friense, e desempenhando papel importante na formação musical de várias gerações.

“A Sociedade Musical Santa Helena desempenha um papel de relevância inestimável na cena musical cabo-friense. Ao participar de eventos como retretas e alvoradas, a banda se consolida como guardiã da memória viva da nossa cidade. Preservar essa tradição é de extrema importância, pois sua significância transcende o tempo”, avalia o secretário de Cultura de Cabo Frio, João Félix.

Em São Pedro da Aldeia, o feriado desse 7 de setembro terá a 29ª edição da tradicional Cavalgada da Independência, com concentração a partir das 10h, às margens da Estrada da Cruz (RJ-140), na altura do bairro Campo Redondo.

O trajeto segue até ao Polo Rural, no bairro da Cruz, onde acontece a festa com shows musicais, espaço infantil, feira de produtores rurais e praça de alimentação, lembrando que a entrada é gratuita e o evento, voltado à toda família.

Em Casimiro de Abreu, o Dia Independência será celebrado também com desfile cívico, a partir das 9h, no Praião de Barra de São João, que deve receber cerca de 1.000 pessoas, entre bandas militares e de escolas da cidade.

Entre as instituições presentes ao desfile que acontece na Avenida Marcílio Dias, e que terá como tema “Brasil, Terra de Beleza e Culturas”, estarão a Guarda Municipal, a Polícia Civil, a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal, além do Grupo de Escoteiros.

Além do desfile, o evento conta com apresentação da Companhia de Dança Sense, da Escola de Dança da Fundação Cultural, e das bandas COMCAV e COMVEC, além da Corporação Musical José Bicudo Jardim, do Centro Integrado de Educação Pública (CIEP) 459.

Assim como Macaé, Cabo Frio e São Pedro da Aldeia, muitas cidades da região também devem ter ponto facultativo em suas repartições públicas nessa sexta-feira, 8, por causa do feriado prolongado desse fim de semana.

Como de costume, funcionam normalmente, nesse período, as repartições cujas atividades são consideradas essenciais e indispensáveis, como unidades de urgência e emergência de saúde, Guarda Municipal e limpeza pública.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!