Missionário traduz Bíblia para povoado na China: “Desejavam a Palavra em sua língua”

A China é um dos países onde há forte resistência ao Evangelho. Por isso, missionários da Sociedade Bíblica têm se empenhado para ver o povo chinês se envolver com a Bíblia. 

Neste momento, eles estão focados em apoiar o trabalho de tradução das Escrituras para as muitas línguas minoritárias do país.

Recentemente, a Bíblia foi publicada em Ganyi, uma língua do sul da China, após décadas de trabalho. 

Li Shaoxiang, um dos voluntários envolvidos no projeto, contou que a tradução da Palavra de Deus para esse idioma durou 16 anos.

“A fase inicial foi especialmente difícil. Trabalhei muito para entender a Bíblia chinesa, tive que lê-la diversas vezes, consultando livros de referência e discutindo-a com meus colegas tradutores da Bíblia. Então tive que pensar em como traduzir as Escrituras com precisão para a língua Ganyi”, explicou ele.

Li contou que enquanto sua família estava passando necessidades financeiras, ele pensou em desistir. Porém, ele entendeu que o povo de Ganyi, “precisa ouvir Deus falar em sua língua”.

“Eu sabia que todos desejavam ter a Bíblia em sua própria língua”, afirmou ele.

A Bíblia Ganyi

De acordo com a Bible Society, o Ganyi é uma língua marginalizada na região, pois só é falado em casa. O idioma não é usado oficialmente nem ensinado nas escolas, por isso, a maioria dos Ganyi nunca aprendeu a lê-lo. 

Li Shaoxiang, entretanto, disse que aprendeu quando era jovem: “Tínhamos um crente idoso em nossa igreja que dominava o idioma. Ele tinha um conhecimento rico sobre isso, o que me impressionou. Então, ele ensinou a alguns de nós a escrita Ganyi”.

Essa habilidade o tornou essencial para o trabalho de tradução da língua, mas não o facilitou. 

“O apoio da minha família, da equipe de tradução, da minha igreja que orou por nós todos esses anos, pedindo sabedoria e compreensão do Senhor. Assim como o apoio da Sociedade Bíblica que também me ajudou a perseverar”, afirmou ele.

E concluiu: “Minha esposa e meus pais me disseram: ‘Não desista. Somos pessoas de fé, enfrentamos dificuldades juntos como uma família. Nós iremos apoiá-lo’”. 

Segundo a Bible Society, as doações de apoiadores da Inglaterra e do País de Gales ajudaram a disponibilizar a Bíblia em línguas marginalizadas em todo o mundo, desde Jola, na África Ocidental, até Achí, na América Central.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!