Mulher desiste de suicídio após ver pregação na TV: “Me tornei vencedora em Cristo”

Stella nasceu no Iraque em uma família cristã ortodoxa. Quando ela tinha seis meses, eles se mudaram para o Irã para fugir da guerra.

A menina cresceu no país islâmico, mas, aos 11 anos de idade, sua família migrou para a Austrália, devido a perseguição que sofriam por sua fé.

“Nós éramos ortodoxos e podíamos ser executados”, explicou Stella, em entrevista à God TV.

Religião vazia

Enquanto se mudava de um país para o outro, Stella se sentiu vazia porque não tinha um relacionamento pessoal com Deus, seguindo apenas as tradições ortodoxas.

“Eu não lia a Bíblia porque o padre lia a Bíblia para nós e nós apenas o ouvíamos”, contou ela.

Stella ainda não compreendia o Evangelho e o sacrifício de Jesus. “Eu estava tentando encontrar Deus, para saber quem Ele é. Eu costumava pensar que Ele tinha uma escala que dizia se eu era boa ou ruim, e dependendo se a escala é boa ou ruim, isso determinaria se iria para o Céu ou para o inferno”, confessou.

Enfrentando a depressão

Na vida adulta, Stella enfrentou um momento difícil após o nascimento de sua filha. “Tive pensamentos suicidas, depressão e ansiedade”, lembrou ela.

Por causa disso, a mulher viajou ao Irã para passar um tempo com seus familiares e amigos. 

Certo dia, enquanto ela procurava algo para assistir na televisão, ela se deparou com o canal cristão God TV.

O pastor Creflo Dollar estava pregando o Evangelho e Stella foi tocada pelo Espírito Santo.

“Pensei: ‘Como ele sabe tudo isso sobre mim? Como ele está respondendo às minhas perguntas? Ele me conhece?’”, relatou ela.

Naquele momento, Stella entendeu as Boas Novas e entregou sua vida a Jesus. “Me tornei uma cristã nascida de novo. Foi a primeira vez na minha vida que me senti tão livre”, testemunhou ela.

A mulher foi curada completamente das doenças mentais. “Ele me tirou daquele buraco e eu me tornei uma vencedora em Cristo. É simplesmente incrível o que Deus fez por mim”, declarou a cristã.

Caso você esteja pensando em cometer suicídio, procure ajuda especializada como o CVV e os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade.

O CVV (https://www.cvv.org.br/) funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!