Alma Livre: A Liberdade das Asas e o Voo Interior

Há uma beleza singular na liberdade das águias em seu voo majestoso pelos céus. A águia, em particular, é um símbolo poderoso de visão, liberdade e coragem. Não é à toa que ela está descrita em diversos versículos bíblicos que nos estimulam a copiarmos as águias, como Isaías 40:31, que diz: “Mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam” (Grifei).

O voo desimpedido da águia nos revela que a condição básica para qualquer ave voar é ter asas livres. Liberdade está no DNA da águia (risos). Você nunca percebeu? Busque vídeos que mostrem essas aves em suas jornadas céus a fora. É simplesmente maravilhoso!  Aliás, vou deixar um aqui. Veja!

A presença da águia tanto nas alturas quanto em seu ninho simboliza a soberania e a confiança que ela detém em seu próprio habitat. Precisamos aprender isso.

Quando Deus nos fala sobre o voo da águia, Ele nos fala de um fenômeno tão grandioso e natural que pode ser entendido como uma metáfora inspiradora para a alma humana. Assim como as asas são essenciais para o voo das aves, a liberdade é fundamental para o desenvolvimento pleno da alma.

A Bíblia frequentemente faz menção à liberdade, destacando-a como um valor essencial para o ser humano. Em Gálatas 5:1, está escrito: “Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão.”

Este versículo ressalta a importância da liberdade espiritual e emocional como uma conquista de valor inestimável, algo que só Deus poderia nos ofertar. A liberdade é um presente divino que permite à alma voar e se expandir, buscando seu pleno potencial.

Assim como as asas da águia, a liberdade é essencial para a busca da realização interior. É por meio da liberdade que a alma humana encontra espaço para explorar, crescer e alcançar seus mais altos potenciais. No entanto, muitas vezes, estamos aprisionados por inúmeras amarras – sejam elas emocionais, sociais ou espirituais – que restringem nossa liberdade e limitam nosso voo.

Sabendo disso, claro, Deus nos mostra uma criatura que ele fez que não toma conhecimento das dificuldades, mas voa solenemente acima de todas as adversidades. Para isso Ele nos estimula a ter asas livres, porque a questão não é ter asas, mas ter asas que te façam voar.

Que nosso Pai te ensine esse voo majestoso e te leve a viver pleno e livre Nele.

O Pai ama você!

Darci Lourenção

Darci Lourenção é psicóloga, pastora, coach, escritora e conferencista. Foi Deã e Professora de Aconselhamento Cristão. Autora dos livros “Na intimidade há cura”, “A equação do amor” e “Viva sem compulsão”.

* O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Conversa de uma terapeuta com sua paciente

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!