Projeto Botinho começa em Macaé e em mais de 29 cidades litorâneas do Estado

Começou, nessa semana, em Macaé e em várias cidades do Estado do Rio, mais uma edição do Projeto Botinho, iniciativa do Corpo de Bombeiros em parceria com o Serviço Social do Comércio do Rio (Sesc RJ).

O projeto, que abrange 100 crianças e adolescentes com idade entre 7 a 17 anos, e que esgotou suas vagas nesse ano em apenas duas horas de inscrições, tem suas atividades em Macaé na Avenida Atlântica, em frente ao Posto 2, na Praia de Cavaleiros.

Com apoio da prefeitura, através da Secretaria Adjunta de Defesa Civil e da Secretaria Adjunta de Turismo, a iniciativa segue nas areias da cidade até o próximo dia 26 de janeiro, com os alunos divididos em 3 turmas, Golfinho (7 a 10 anos), Moby Dick (11 a 14 anos), e Tubarão (15 a 17 anos).

Realizado no Estado do Rio desde 1963, o Projeto Botinho tem o objetivo de promover a cultura de prevenção a acidentes marítimos por meio de atividades lúdicas e orientadas, oferecendo um certificado às crianças e adolescentes.

Em Macaé, assim como nas praias dos outros 29 municípios fluminenses que recebem o projeto, as atividades acontecem das 8h às 11h, com exercícios físicos na areia, instruções sobre as condições do mar, primeiros-socorros e conservação ambiental.

A prefeitura lembra que a iniciativa é considerada a maior colônia de férias gratuita da América Latina, beneficiando 5 mil crianças e adolescentes em todo o Estado do Rio em 2024, sendo mil a mais do que nos anos anteriores.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!